História da ADBA

Essa história começa há mais de 100 anos.

A American Dog Breeders Association INC (A.D.B.A) foi fundada em setembro de 1909, como uma associação para registros de várias raças.

O presidente daquela época era GUY MCCORD, um conceituado criador de Americam Pit Bull Terrier, e amigo do SR. JOHN P. COLBY.

O SR. JOHN P. COLBY foi um dos pilares da A.D.B.A. Ele apontou essa associação como a casa de registro dos cães COLBY”S. Assim, todos os membros bem conceituados podiam registrar seus cães pagando uma cota anual de $2,50 dólares. Porém, a ideia inicial da associação de registrar várias raças foi gradualmente substituída por uma associação que seria o centro de registro do American Pit Bull Terrier, deixando seu studbook único.

O documento emitido naquela época era um papel rosa, e a sua parte superior incluía a descrição do cão e outras informações necessárias para servir como título para o cão. Na parte inferior, se detalhava o Pedigree, o proprietário e o criador.

Em 1951, a A.D.B.A passou das mãos do SR. GUY MCCORD para as mãos do SR. FRANCK FERRIS. Este último, com sua esposa FLORENCIA (ex. mulher de JOHN P. COLBY), continuou a presidir a A.D.B.A, agora com número menor de membros, mas sempre colocou grande ênfase em registrar exclusivamente o American Pit Bull Terrier.

Em 1973, por recomendação e indicação de HAWARD HEINZL, o SR RALPH GREENWOOD e sua família compraram a ADBA do SR FERRIS o qual se aposentou por causa de sua idade.

Mr. HEINZL, amigo próximo de FRANCK FERRIS e um acirrado defensor da A.D.B.A, registrava todos os seus cães na A.D.B.A. Muitas vezes lamentamos que Sr. FERRIS não viveu tempo suficiente para testemunhar o crescimento atual desta entidade. Ele ficaria orgulhoso.

Em 1976, um pedido foi apresentado pelos proprietários de American Pit Bull Terrier, os quais tinham um grande espírito competitivo para desenvolver um Standard para manter o padrão da raça. Eles não queriam uma cópia da UKC OU AKC; queriam um padrão que representasse os cães que eles possuíam, ou seja, que valorizasse a inteligência, caráter, lealdade e a conformação atlética, preservando os valores originais do American Pit Bull Terrier, obtidos por centenas de anos. Nesta época, foi convidado para formar um padrão de conformação da American Dog Breeders Association (ADBA), um boxeador profissional chamado DEL BRANDSTROM, amigo pessoal do SR. RALPH GREENWOOD. DEL BRANDSTROM sabia que a funcionalidade dentro do boxe era uma coisa muito importante, assim como a medida dos braços, a longitude das pernas, a envergadura, tudo era importante para o bom desempenho do boxeador. Sendo, então, conhecedor profundo da nobre arte, e dentro desta mesma concepção, DEL BRANDSTROM, refletiu sobre os seis melhores combates de American Pit Bull Terrier, e depois de um estudo profundo, observando fenótipo e a morfologia dos seis vencedores, ele formulou o standard da Americam Dog Breeders Association que é um standard funcional baseado fenótipo comum dos ganhadores desses 6 (seis) melhores combates da época.

Assim nasceu o standard de conformação da A.D.B.A, e, dessa forma, seguimos legalmente.

A revista American Pit Bull Gazzette nasceu nesta mesma época e sua primeira publicação (volume 1) foi em agosto de 1976. Seu objetivo era promover aspectos positivos da raça através dos eventos de conformação e tração de peso.

A Gazzette é a revista oficial da A.D.B.A e oferece uma abundância de artigos sobre a história da raça, pedigree,livros disponíveis sobre a raça, um pouco de humor, cuidados com o cão, nutrição, artigos sobre exercícios e condicionamento físico para eventos de conformação e tração de peso. Uma vitrine para os associados, ela segue documentando o passado e o presente da raça American Pit Bull Terrier, para os leitores retratando como era o real American Pit Bull Terrier,assim como é agora.

Nossa associação segue crescendo nos Estados Unidos e em outros países. A American Dog Breeders Association possui o maior registro de American Pit Bull Terrier no Mundo e foi quem registrou o American Pit Bull Terrier como a primeira raça de cão exibida nos Estados Unidos.

Hoje os eventos de exposição e tração de peso, escalada, corrida de esteiras são patrocinados pela American Dog Breeders show Inc.

Em 27 de outubro de 2006, a American Dog Breeders Association converteu seu registro novamente para todas as raças abrindo seu STUDBOOK para todas as raças tradicionais.